RENOVE

Entre em Contato: (48) 3228-0550  |  (48) 99970-7092

Entre em Contato: 

(48) 3228-0550 
(48) 99970-7092

BLOG

Amamentar é um direito natural

É uma decisão pessoal e importante, tanto para a mãe quanto para o bebê.Mas, apesar de todas as evidências científicas provando a superioridade da amamentação sobre outras formas de alimentar a criança e apesar dos esforços de diversos organismos nacionais e internacionais, as taxas de aleitamento materno no Brasil (em especial as de amamentação exclusiva até os seis meses) estão bastante aquém do recomendado.

Nos primeiros seis meses de vida ocorre a maturação fisiológica das funções gastrointestinais do lactente, preparando-o para uma adequada digestão e absorção de nutrientes provindos de outros alimentos.Neste mesmo período ocorre também uma maturação neurológica , quando o bebe ganha mais estabilidade do maxilar e pescoço e acontece uma modificação no padrão primitivo de sucção, com transições oromotoras que permitem a mastigação.

O leite materno é nutricionalmente perfeito, possui uma composição balanceada com todos os nutrientes essenciais e diversos fatores bioativos, fatores antimicrobianos, antiinflamatórios, enzimas, hormônios e fatores de crescimento.

Neste período de seis meses o leite da mãe saudável , em livre demanda, é alimento suficiente para suprir todas as necessidades nutricionais do bebê. Não sendo necessário e nem conveniente oferecer chás, sucos e nem mesmo água.

Contudo, amamentar é muito mais que nutrir a criança. É um processo que envolve uma interação profunda entre mãe e filho com repercussões no estado emocional da criança, em sua habilidade de se defender de infecções, em sua fisiologia e no seu desenvolvimento cognitivo, além de ter implicações na saúde física e psíquica da mãe.

É um ato amoroso, um espírito da natureza. Para a mãe, o aleitamento reduz riscos de depressão pós-parto, contribui para regulação hormonal e impacto positivo no humor, atenuando respostas ao estresse e regulando padrões de cortisol (é até fácil convencer uma mãe a fazer algo pelo seu filho, mas é importante que ela saiba que também contribuirá para seu próprio bem-estar).

Na primeira semana de agosto (de 01 a 07) temos a SMAM – Semana Mundial do Aleitamento Materno, que para 2016 traz como tema "Amamentação: uma chave para o desenvolvimento sustentável", o que é verdadeiro, já que ser sustentável é satisfazer as necessidades do presente sem comprometer a capacidade do futuro ter as suas próprias necessidades satisfeitas.

O aleitamento materno é a chave para esta sustentabilidade, particularmente através das ligações entre segurança alimentar e nutricional, a saúde e a sobrevivência, o potencial educativo e econômico, o fato de que a amamentação é um método alimentar naturalmente sustentável: renovável, seguro, produzido e entregue ao consumidor sem poluição, embalagem, ou resíduos.

Nutricionista Priscila Franchini – CRN10//5571

×

Powered by WhatsApp Chat

× Como posso te ajudar?